quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Rômulo Rosa, o goleiro

Rômulo Rosa nasceu em Juiz de Fora, mas criou-se em São Paulo. Filho de Dona Fiel de Itaquera Rosa e Seu Leandro de Itaquera Rosa, morou no bairro de mesmo nome, onde começou sua vida bandida, traficando chicletes na escola que estudava, já que a venda na cantina era proibida.

Rômulo e sua gangue seus amigos.

Sem se filiar a qualquer tipo de organização criminosa, Rômulo era um bandido autônomo, praticando “furtos de subsistência”. Era bastante versátil, alternando entre sequestros durante o esconde-esconde, assaltos às merendeiras e extorsão/chantagem com os amiguinhos caguetadores.

R.R. cresceu, deixando um pouco de lado o crime, mas jamais abandonando-o por completo. Fez o caminho inverso do ex-goleiro Bruno, tornando-se jogador depois de criminoso. Contratado pelo Que Beleza! FC, Rômulo assumiu a vaga de goleiro com responsabilidade. Utiliza a camisa 12 por superstição. Em 4 jogos oficiais disputados, R.R. sofreu apenas 21 gols. Ele sonha em sofrer o milésimo gol até o final da faculdade.

É o principal garoto-propaganda do marketing do Que Beleza! FC.